quarta-feira, 17 de setembro de 2008

você tem muita luz


Elas largam-se no ar ao ver você passar lá por baixo, caminhando alheado da rua, e vão suavemente despencando para o chão em sua direção . Uma a uma suicidando-se docemente para tocar, em último suspiro, o seu colo e depois, transbordando os perfumes coloridos por todo corpo seu, vão brincando de rolar até seus pés e então tecem tapetes, em amarelos e lilases, para colorir o chão do seu caminho.

Nenhum comentário: